sexta-feira, 22 de março de 2013

Pernambuco pode entrar na rota de empresários japoneses



Pernambuco e Goiás podem entrar no roteiro de empresários japoneses. Ambos os Estados estão sendo apresentados pelo Governo do Japão como opções, no Brasil, para que empreendimentos vindos daquele país asiático possam abrir escritórios de planejamento e estratégica, tanto no Nordeste quanto no Centro-Oeste. A medida visa desafogar a demanda reprimida concentrada em Nova Iorque, nos Estados Unidos, um dos principais pontos de apoio dos japoneses. Em solo brasileiro, empresas estão fixadas no eixo São Paulo-Rio de Janeiro.
A “ponte” entre os empresários japoneses e Pernambuco e Goiás está sendo feita pelo primeiro secretário da Embaixada do Japão no Brasil, Yoshitaka Kinoshita, um dos porta-vozes do governo japonês. Em frequentes rodadas de conversas com o segmento empresarial do país asiático, Kinoshita costuma apresentar as oportunidades contidas nos dois estados brasileiros. A ideia é importar parte da estrutura gerencial desses empreendidos para terras pernambucanas e goianas e transformar as regiões em novas alternativas aos japoneses.
Yoshitaka Kinoshita teve um encontro com o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, nesta quinta-feira (21). Sileno, que levou o primeiro secretário da Embaixada, . O japonês quis conhecer o modelo socialista de governar, bem como ter ciência do crescimento do partido na última eleição. O primeiro secretário da Embaixada do Japão está sendo recebido pelo secretário estadual de Governo, Milton Coelho (PSB), na sede provisória do Palácio do Campo das Princesas, no Centro de Convenções de Pernambuco.
No encontro, Sileno Guedes apresentou projetos desenvolvidos por gestões do PSB em governos estaduais e prefeituras ao emissário do Governo japonês. Foi mostrado a Yoshitaka Kinoshita ações como o Pacto Pela Vida – programa de segurança pública implantado em Pernambuco – a entrega de tablets a alunos do ensino médio da rede estadual de ensino, o programa “Ganhe o Mundo” – que envia estudantes pernambucanos a cidades no exterior para praticar línguas -, além da ampliação da rede de saúde com as UPAs.
Algumas ações já empreendidas no governo do prefeito Geraldo Julio (PSB) também foram apresentadas ao japonês, tais como o planejamento de replicar a ideia das UPAS no Estado, com as Upinhas. 
Fonte: Folha PE