quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Petroquímica de Suape começa a operar neste ano.


Para diminuir a dependência estrangeira, a Petroquímica Suape (PQS), em Pernambuco, colocará em operação duas das três fábricas do polo, com investimento estimado em R$ 6,7 bilhões. O complexo químico-têxtil é formado por três indústrias. A primeira a funcionar foi a unidade de produção da matéria-prima usada na fabricação de PET e de poliéster. No entanto, a cadeia de fornecedores ainda preocupa a consolidação. 

Fonte: DCI